Categoria Blog – Infraestrutura

O que é Hiperconvergência?

As novas demandas de negócios e o aumento inesgotável no volume de dados armazenados nas empresas pressionam os gestores da área de TI a desenvolverem, soluções criativas em infraestrutura no intuito de garantir redução de custos, maior rapidez no acesso aos dados, além de simplificação dos sistemas utilizados. Por conta desse elemento, a expressão “hiperconvergência” vem ganhando força como um novo paradigma sobre o gerenciamento de informações em data centers, singularmente pela força da computação em nuvem (Cloud Computing) na atualidade. Mas você sabe o que é hiperconvergência? E quais as diferenças entre a hiperconvergência e os modelos tradicionais em infraestrutura em TI? Então confira e veja mais sobre essa tendência em TI!
Performance, agilidade, confidencialidade, segurança, flexibilidade, escalabilidade. Estes são apenas poucos pressupostos exigidos pelas empresas na contratação de soluções em TIC, sobretudo, quando o assunto é a escolha de serviços em data center. Por outro lado, terceirizar esse tipo de serviço se tornou muito mais do que uma opção, passou a ser uma estratégia corporativa para redução de custos e aumento da tecnologia e segurança utilizadas no armazenamento de dados das organizações, considerando-se que não param de crescer, gerando maior necessidade de investimentos em servidores, ativos de rede e espaço físico nas organizações, tornando inviável gerenciar localmente um data center. Com isso observamos a seguinte transformação:

Infraestrutura Tradicional-Convergente: no passado recente (antes da virtualização), a infra tradicional em TI de uma empresa era centralizada na combinação perfeita de componentes de hardware e software de um data center, optando pelos melhores fabricantes de cada item. Essa decisão resultava em uma incompreensível heterogeneidade na arquitetura de TI da empresa. Além disso, o acúmulo na geração dos dados culminava na necessidade de investimento permanente em novos recursos, engessando parte significativa do capital da empresa que poderia ser direcionado a parte central do negócio. Já com o adendo da virtualização, algumas empresas especializada em soluções de desenvolvimento de redes de dados passaram a oferecer tecnologia em segurança e rede, storages, servidores, switches, roteadores e forma customizada às organizações, eliminando o imenso esforço corporativo na construção de uma infraestrutura para um data center.

Hiperconvergência: É basicamente a evolução da virtualização possibilitando a otimização de recursos do Data Center, agregando benefícios. É a incorporação dos principais integrantes de TI – componentes de rede, servidores e armazenamento de dados – em um único lugar, basicamente em um dispositivo ou rack dimensionável, com gerenciamento simplificado, desempenho e escalabilidade. O software fica no monitor de máquina virtual (Hypervisor) ou acima dele, na máquina virtual. A hiperconvergência possui muitas semelhanças com a Convergência, no entanto sua diferença está na utilização de componentes definidos por software, reduzindo custos, aumentando a eficiência operacional da equipe mediante a diminuição da complexidade das operações e escalonando recursos automaticamente.

Solução Hiperconvergentes são pre-definidas, consequentemente não podem ser moldadas. Por outro lado sua implantação acontece de forma rápida, podendo levar alguns minutos.

Essa solução não é a única maneira de incorporar um Data Center moderno. Ela é apenas uma das muitas opções diferentes existentes. Assim como todas as outras tecnologias presentes no mercado, as empresas devem pesar os prós e contras desse tipo de tecnologia, se ela serve para sua realidade.